Precioso conhecimento

Anel de ouro com rubi e diamante Design Natan Kimelblat Foto Almir Pastore

O Brasil está entre os principais países produtores de joias em ouro no mundo e o interesse dos brasileiros por esses verdadeiros bens de luxo vem crescendo ano a ano. E para traçar um panorama da arte de fazer joias no país foi recentemente lançado o livro “Joalheria no Brasil”. Com vasta pesquisa, a obra se trata de um rico levantamento que engloba história, arte, mercado e ofício, com o cuidado de mostrar o percurso do garimpo à peça pronta.

A publicação é uma verdadeira base de pesquisa sobre o significado das joias em um país como o nosso – rico em minérios, metais nobres e pedras preciosas – e as pessoas que transformam estes materiais em arte. Um panorama em forma de linha do tempo, com o cuidado de mostrar todo o percurso, do garimpo à peça pronta.

Capa do Livro

Direcionado a profissionais e estudantes em artes e joalheria, design, marketing e negócios, mercado de luxo, moda e consumo, e a todos que se interessam ou se dedicam a memória da cultura nacional, o livro é de autoria da publicitária, designer gráfica e fotógrafa Claudia Dayé, do jornalista Carlos Cornejo e da mestre e doutora em design Engracia M. Loureiro da Costa Llaberia.

São 288 páginas que falam do mercado, do ofício, da produção, ilustradas com fatos e personagens que ajudaram a desenhar o que é a joia brasileira. Histórias envolventes, surpreendentes e curiosas, estruturadas de maneira a homenagear profissionais e artistas e a despertar o interesse das novas gerações. “Reunir um material que ainda não foi coletado e organizado é como explorar um novo garimpo. É preciso procurar muito e em mais lugares. O maior desafio foi sintetizar tudo de forma a gerar algo conciso, compreensível, útil e agradável”, explica Claudia Dayé.

Casa Castro na Rua 15 de novembro Acervo Casa Castro

O conteúdo é muito claro e didático, dividido em cinco grandes capítulos. O primeiro traz a base histórica, focando joalheiros, marcas e regiões e vai do século XIX ao novo milênio. O seguinte traz a matéria-prima joalheira, dos primórdios da joalheria no Brasil, metais nobres, pedras preciosas e o cenário recente. Outro foco é a criação da joia, que fala do processo artesanal, o surgimento das escolas, o aprimoramento de antigas técnicas e as novas tecnologias. Há um espaço dedicado à arte, design e moda e, por último, uma parte de crônicas, com histórias de joalheiros como Daniel Sauer e Tobias Dryzun.

“O fato de eu não ser da área ajudou muito a filtrar o que seria de interesse ao público em geral, quando artistas e profissionais, mergulhados em seus conhecimentos e rotinas, têm maior dificuldade neste sentido. E para dimensionar a importância de alguns fatos, rever e validar depoimentos e descrições, contei com especialistas e colaborações que, mesmo quando pequenas, tiveram grande valor, ajudando a compor um quadro, uma visão mais ampla”, finaliza Claudia Dayé.

Crédito da imagem 01: Anel de ouro com rubi e diamante Design Natan Kimelblat – Foto de Almir Pastore

Crédito da imagem 02: Capa do livro ”Joalheria no Brasil”

Crédito da imagem 03: Casa Castro na Rua 15 de novembro – Acervo da Casa Castro

Leave a Reply

Your email address will not be published.