Pegando fogo

Pegando Fogo

Não é exagero afirmar que a gastronomia, atualmente, é uma verdadeira fonte de desejo, e de lucros, para o segmento audiovisual. Na televisão, tanto nas redes abertas quanto nos canais a cabo, é cada vez maior o número de programas que abordam o mundo culinário. No cinema não é diferente: a plasticidade e beleza dos alimentos aliada à ação e, por vezes, à violência existente em uma cozinha, são ingredientes inspiradores para um número crescente de produções.

Em Pegando Fogo, que está em cartaz nas salas de cinema do país, embora o papel principal seja de Bradley Cooper, um dos atores mais promissores do cinema americano atual, o grande protagonista é, sem dúvidas, o interessantíssimo e, muitas vezes, nada sutil, universo gastronômico.

Cooper interpreta o chef de cozinha Adam Jones que, no passado, era considerado um dos mais respeitados profissionais do mundo. Seu envolvimento com drogas, entretanto, tira-lhe todo o prestígio e a fama, fazendo-o se isolar no interior americano para viver os dias regados a álcool. Após um tempo, porém, o chef decide retomar sua carreira e parte para Londres em busca de novos ares e novas receitas.

Não faltam à produção as já famosas discussões acaloradas dentro da cozinha, imagens deliciosamente fotografadas dos alimentos em processo de cocção e, é claro, bastante drama entre os personagens principais. Afinal de contas, os erros e acertos que fazem parte do processo de elaboração de uma receita de sucesso, também são ingredientes constantemente presentes na vida de todos nós.

Leave a Reply

Your email address will not be published.