O número um

1

Na semana passada foi oficialmente anunciada a aquisição total da Christian Dior pelo grupo LVMH. Além de consolidar ainda mais a maior organização de marcas de luxo do mundo, o negócio elevou ainda mais a posição de Bernard Arnault como o mais importante gestor do mercado de luxo mundial.

De acordo com as informações divulgadas, a aquisição foi um grande negócio tanto para o grupo quanto para o próprio Arnault, já que a transação fez com que ele atingisse o posto de segundo homem mais rico da Europa com uma fortuna estimada em torno dos 50 bilhões de dólares.

E o mercado agiu de forma bastante entusiasmada com a notícia, já que as ações da Christian Dior aumentaram 13% na bolsa de valores parisiense e as ações do grupo LVMH também registraram um crescimento de 4,5% no seu valor. A estratégia de utilizar os ativos da Hermés Internacional para assumir o controle acionário da Christian Dior deu certo e movimentou o mercado.

Foi no ano de 1989 que Arnault se tornou o principal acionista do grupo LVMH, que possui marcas como Louis Vuitton. Uma das principais inovações do executivo foi justamente criar a primeira organização mundial do setor do luxo com atuação multisetorial. Atualmente, o grupo LVMH possui algumas das mais importantes grifes do planeta e atua em dezenas de segmentos de mercado.

Uma curiosidade sobre o empresário é que no início da década de 1980, Arnault foi para os Estados Unidos em busca de oportunidade, mas não obteve muito sucesso. Foi após sua volta à França que sua carreira, e sua fortuna, realmente começaram a decolar.

Crédito da imagem: Divulgação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.