O novo comportamento do luxuoso tapete de Cannes: a naturalidade

Um dos raros lugares onde era possível encontrar o verdadeiro luxo das roupas de hoje eram os tapetes vermelhos. Com a invasão das roupas chamadas fast-fashion por todos os lugares e até em lojas supostamente de marcas, que valorizam o que é feito com os métodos artesanais que determinam o valor e a exclusividade de uma peça, encontramos o não tão luxuoso assim.

A invasão da mão-de-obra barata para obter um ganho máximo matou o que antes era prerrogativa de bem-feito. Explico: quase não temos mais hoje o made in France, por exemplo. Para se ter uma ideia do que há de mais luxuoso e raro para vestir nos dias de hoje é para os festivais e bailes de gala que devemos olhar.

Em Cannes 2016, o prestigiado Festival de Cinema Francês que é o palco das atrações até o dia 22 de maio, podemos ver o que o mercado ainda consegue produzir na categoria luxo absoluto. Roupas de milhares de euros, feitas por mãos delicadas de artesãos consagrados, desenhadas por estilistas de primeira linha. Joias raras que são levadas até as atrizes com um sistema de segurança tão cinematográfico quanto às produções exibidas nas salas da cidade francesa que vira a tela do mundo em apenas alguns dias da primavera francesa.

De novidade e de inspiração para quem quer se sentir uma estrela de primeira linha uma dica: a naturalidade. Apesar dos vestidos caríssimos e das joias de preços não divulgados por marcas como Bulgari, Boucheron, Cartier, e muitas outras que a gente ama e delira e depois acaba por descobrir que não são tão conhecidas do grande público e por isso mesmo são o suprassumo do luxo de tão raras que são, grandes estrelas como Jodie Foster, Julia Roberts e a jovem Kristen Stewart, pontada pelo jornal  Le Monde como uma das três atrizes mais poderosas da atual geração ao lado de Marion Cotillard e Lea Seydoux,  apareceram com roupas de marcas caras mas mantiveram suas autenticidades.

Kristen, a mais irreverente, manteve os cabelos rebeldes com as raízes escuras aparentes. Não é descuido. É atitude e moda. Jodie, a mais discreta, não abre mão de pouca maquiagem, apesar do vestido luxuoso, uma exigência do dress code do evento que pede traje gala, o que não precisa, necessariamente, ser um vestido e sim algo muito arrumado.  Julia, a mais famosa, ousou pés descalços para adentrar no espetáculo, mesmo vestindo um deslumbrante vestido Armani Privé (a alta-costura de Giorgio Armani). Foi chamada de Cinderela pela mídia sensacionalista e teve quem comentasse o ato como um repúdio ao dress code que impediria as mulheres de usarem sapatilhas depois de alguns acontecimentos em anos anteriores.

Na verdade, eu não sei de nada oficial sobre esse assunto, pois mesmo a grife Chanel já fez em 2008, se não me engano, sapatilhas de alta-costura. Não é o tamanho do salto que a mulher usa que determina se ele é adequado ou não a um evento e sim seu acabamento, sua qualidade. No caso da alta-costura, os sapatos são feitos à mão e por verdadeiros artistas. Um sapato desses pode custar de 2 mil à 20 mil euros. Conheço histórias como a de Claudia Schiffer, top model dos anos 90, que só desfilava com saltos baixos. O mestre Bottier Massaro, que faz os sapatos da Chanel e criador do famoso bi-color da marca para Gabrielle, me confessou uma vez em entrevista o fato.

Bem, vamos curtir algumas fotos das lindas e naturais mulheres em seus vestidos e trajes luxuosos. Eis a moda luxuosa de Cannes escolhida por mim para vocês. Alguns dos melhores momentos. Enjoy. Beijos luxuosos.

As fotos foram gentilmente cedidas por Antonio Barros direto de Cannes.

Naomi Watts: Uma maquiagem beirando o natural. O luxo fica por conta das joias e do vestido. O penteado é o da vez.

Naomi Watts: Uma maquiagem beirando o natural. O luxo fica por conta das joias e do vestido. O penteado é o da vez.

Julia Roberts de Armani Privé e Chopard. Roupa de rainha e comportamento de Cinderela.

Julia Roberts de Armani Privé e Chopard. Roupa de rainha e comportamento de Cinderela.

A cantora chinesa Chris Lee usa um traje de alta-costura Givenchy e desafia os padrões, mas mantém o luxo em alta com seu estilo unissex ou genderless.  É o novo luxo fazendo um pacto com a moda das ruas.

A cantora chinesa Chris Lee usa um traje de alta-costura Givenchy e desafia os padrões, mas mantém o luxo em alta com seu estilo unissex ou genderless. É o novo luxo fazendo um pacto com a moda das ruas.

Kristen Stewart irreverente com os cabelos rebeldes e raízes escuras aparentes, mas luxuosa na roupa Chanel e nos sapatos Louboutin. (Na foto acima e nas duas abaixo.)

Kristen Stewart irreverente com os cabelos rebeldes e raízes escuras aparentes, mas luxuosa na roupa Chanel e nos sapatos Louboutin. (Na foto acima e nas duas abaixo.)

Kristen Stewart 02

 Kristen Stewart03

Leave a Reply

Your email address will not be published.