A natureza como tendência

1

O verão se aproxima e, para essa estação tão aguardada, as fragrâncias mais leves e coloridas vão dominando a preferência das consumidoras. Nessa época, geralmente, todos buscam se refrescar e ter aquela impressão de banho recém-tomado por mais tempo. As notas frutais ganham também efervescência com misturas mais cítricas ou aquosas, fazendo a feminilidade floral ganhar mais leveza.

Para esse verão, especificamente, a diretora de avaliação da Firmenich, Eliane Bonani, destaca que as tendências apontam para a experiência da natureza, cada vez mais viva e vibrante, por meio de notas verdes associadas a florais cremosos. A jovialidade das frutas busca capturar os sentidos logo na primeira impressão, desenvolvendo-se mais gourmand, texturais e confortáveis ao longo do uso. “Esses aromas trazem uma sensação de liberdade, descontração e um empoderamento natural e espontâneo. Buscam a autenticidade que exala na feminilidade de cada mulher”, explica.

 Já para as noites da estação, os perfumes costumam ser escolhidos pela mensagem que se deseja transmitir. “Fragrâncias mais quentes adocicadas, amadeiradas passam a impressão de sensualidade e sedução. Já as notas mais frescas e florais, delicadeza e elegância”, esclarece Eliane.

 Como o calor faz com que o perfume evapore com mais facilidade, Eliane indica que a hidratação da pele é uma grande aliada à maior tenacidade do produto. “Idealmente, a aplicação de hidratantes sem perfume ou vaselina nos pontos do corpo em que se aplica o produto ajuda em sua maior duração. Outra opção é perfumar-se após o banho, pois a pele recém hidratada pela própria água absorverá melhor a fragrância”.

Em contrapartida, não é recomendado passar perfume logo antes da exposição direta ao sol. Isso se deve ao risco de manchas na pele, pois a combinação do álcool com os óleos essenciais que compõem a fragrância pode ser fotossensível.

Leave a Reply

Your email address will not be published.