Mercado de luxo chinês volta a ser destaque mundial

02

O ano passado fechou de forma não muito positiva para as principais marcas de luxo do mundo. Os resultados registrados em 2016 ficaram muito abaixo das expectativas e refletiram uma grande queda em comparação aos últimos anos.

Por isso, a expectativa de que em 2017 o mercado volte a se recuperar é grande. E todo esse otimismo já está se transformando em dados reais. Ao menos no que se refere ao mercado de luxo chinês.

De acordo com a Facset, empresa multinacional  especializada na análise de dados financeiros em escala global, as dez maiores marcas de luxo do mundo já voltaram a registrar resultados positivos no mercado chinês. Entre os destaques estão a Moncler, a Louis Vuitton e a Gucci.

E a estimativa de crescimento para este ano é tão positiva que chega a ser surpreendente. Após dois anos de registros pouco expressivos, os analistas acreditam que o mercado da China possa crescer em torno de 26% em 2017.

É importante ainda destacar que no caso da Louis Vuitton, o mercado chinês é responsável pelos maiores índices de crescimento da marca em todo o mundo e que para a Gucci, os resultados positivos começaram a ser identificados já no ano passado.

Leave a Reply

Your email address will not be published.


Chinese luxury market returns to world prominence

02

Last year closed not very positively for the top luxury brands in the world. The results recorded in 2016 were far below expectations and reflected a large drop compared to recent years.

Therefore, the expectation that the market will rebound in 2017 is great. And all this optimism is already turning into real data. At least as far as the Chinese luxury market is concerned.

According to Facset, a multinational company specializing in the analysis of financial data on a global scale, the top ten luxury brands in the world have returned to positive results in the Chinese market. Among the highlights are Moncler, Louis Vuitton and Gucci.

And the growth estimate for this year is so positive that it comes as astonishing. After two years of unimpressive reporting, analysts believe China’s market could grow by around 26% in 2017.

It is also important to highlight that in the case of Louis Vuitton, the Chinese market is responsible for the highest growth rates of the brand worldwide and that for Gucci, the positive results began to be identified already last year.

Leave a Reply

Your email address will not be published.