As marcas do ano

Gucci

A globalização é uma das características mais marcantes da sociedade contemporânea. E nesse novo mundo em que as distâncias se reduziram e as informações são processadas de forma instantânea, a internet se tornou uma das principais ferramentas de comunicação, divulgação e, principalmente, exposição de marcas e produtos.

E é impossível falar de internet sem citar o Google, multinacional americana que atua no segmento de serviços online e tem como um de seus produtos principais o mais importante e utilizado mecanismo de busca virtual do mundo.

Por isso, quando o Google divulgou a relação das casas de moda mais pesquisadas durante o ano passado pelos internautas, de certa forma, ele contribuiu para montar o panorama de desempenho das principais marcas de luxo do mundo.

Na imagem que abre a matéria, destaque da coleção 2017 da Gucci. Acima, imagem da campanha de Primavera/Verão da Louis Vuitton.

Na imagem que abre a matéria, destaque da coleção 2017 da Gucci. Acima, imagem da campanha de Primavera/Verão da Louis Vuitton.

De acordo com os dados de busca, entre as nove marcas mais pesquisadas estão Valentino, Moschino, Dolce & Gabbana, Dior, Yves Saint Laurent, Chanel e Supreme. Em segundo lugar no ranking das marcas mais procuradas ficou a francesa Louis Vuitton e liderando as pesquisas em todo o mundo a Gucci se destacou de forma absoluta.

Quem acompanha o mercado de luxo sabe que os dados realmente condizem com a realidade. A Gucci, de fato, ganhou enorme destaque em 2017 superando as demais marcas. Em um artigo publicado no dia 27 de novembro do ano passado, a CEO do Terapia do Luxo, Manu Berger, já registrava a grife italiana como sinônimo de inovação e destacava o importante prêmio ligado ao universo digital recebido pela marca.

O bom desempenho da Gucci no último ano se deve, é claro, à competência de seus profissionais, a um apurado entendimento do mercado e, também, a uma eficiente divulgação digital comprovando que o universo online está mais real do que nunca.

Crédito das imagens: Reprodução.

Leave a Reply

Your email address will not be published.