Luxo tamanho família

Imagem 02 (26)

A história dos automóveis tem início no século XVIII com a criação do motor a vapor com capacidade de equipar veículos para transportar pessoas. Mas, foi somente no ano de 1876, devido aos incansáveis projetos do inventor alemão Karl Benz, que o automóvel moderno tem, de fato, o seu nascimento registrado.

Ao longo do tempo, os carros foram se modificando e se aperfeiçoando. E, para a alegria da maioria absoluta das pessoas, foram incorporando qualidades como refinamento e sofisticação extraídos diretamente da indústria do luxo. Atualmente, é possível afirmar, sem medo de errar, que existem modelos de carros que representam, em todos os sentidos, o que existe de mais significativo no segmento de alto padrão.

Dentro da indústria automobilística, um modelo em particular vem conquistando cada vez mais fãs ao harmonizar estilo, design e muito espaço interno: as vans. Utilizadas como o transporte familiar favorito para as grandes viagens, ou mesmo como parte importante do setor corporativo, as vans atraem os olhares e os desejos por onde passam.

E se o mercado mostra-se receptivo a esse tipo particular de veículo, nada mais natural que as grandes marcas do setor desenvolverem produtos específicos para atender essa demanda. É o caso da Mercedes-Benz que, no ano passado, apresentou ao mercado brasileiro a van Vito. O modelo, já conhecido no mercado europeu, possui como diferenciais a perfeita combinação entre a grande capacidade de carga e as versões de transporte de passageiros mais requintadas. De acordo com matéria publicada no Portal IG “a sofisticação do projeto inclui ainda suspensão independente nas quatro rodas, além de sistemas eletrônicos como ESP (estabilidade), ASR (controle de tração) e de partida em rampa, todos derivados dos carros de passeio da marca”.

Um aspecto facilmente observável no desejo que muitas pessoas têm de possuir uma van para passear ou para atender seus compromisso profissionais, é que por mais tecnológico e surpreendente que o modelo seja, ele também transmite emoções e sensações que o consolidam como um desejado bem de luxo.

Assim como os clientes dos mais diversos segmentos do mercado de alto padrão, quem se torna proprietário de uma van luxuosa e sofisticada busca conceitos e imagens que compõe um imaginário pessoal. Esse imaginário é, e deve ser, diferente de pessoa para pessoa, mas, em essência, traduz uma única e universal ideia: a realização de desejos e sonhos.

As marcas automotivas, que lançam produtos nessa linha, entendem que o carro transcende sua utilidade prática e se torna um autêntico objeto de desejo. Um texto publicado no site Cidade Marketing identifica como sete os requisitos essenciais de uma marca de luxo na atualidade: altíssima qualidade, efeito de prestígio, capacidade de despertar emoções e sensações de bem estar pessoal, individualidade, supervalorização da estética, atemporalidade e, por fim, a capacidade de estimulação dos cinco sentidos.

Transportando esses requisitos para o mercado das vans premium, é fácil perceber a assertividade com que as grandes construtoras de automóveis estão entendendo o mercado e lançando produtos que fazem o luxo, verdadeiramente, ser tamanho família.

Leave a Reply

Your email address will not be published.