Luxo high tech

1

Na década de 1960 o seriado Agente 86 era um dos maiores sucessos da televisão mundial. A mistura de comédia pastelão com os clássicos filmes de espionagem ainda hoje é uma referência para quem gosta de diversão sem apelação. Um dos pontos altos da série era o momento em que o agente Maxwell Smart, sempre muito bem alinhado em impecáveis e divertidos ternos, utilizava o seu sapato como telefone. A ideia era um assombro para a época: um aparelho móvel que atendesse chamadas em qualquer lugar. O tempo passou, e o que era ficção tornou-se realidade. Com menos graça, é claro.

Adaptando essa história para o universo premium, se há alguns anos a união da  tecnologia com os acessórios de luxo existia apenas na imaginação dos designers mais criativos, hoje em dia essa tendência é uma realidade irrefutável cuja capacidade de surpreender parece estar longe do seu fim.

Um bom exemplo disso é a evolução das roupas inteligentes. Se, à primeira vista, as peças podem ser confundidas com roupa tradicionais, a tecnologia envolvida na sua concepção permite a leitura de informações biológicas e fisiológicas. Esses dados alimentam bancos de dados de aplicativos que auxiliam no desenvolvimento de esportes apropriados para cada pessoa.

Algumas das maiores e mais tradicionais grifes de luxo já incorporaram a tecnologia em muito de seus produtos. Para citar apenas um exemplo, há alguns anos a Chanel que lançou com exclusividade um conjunto especial de fones de ouvido. Além de permitir a reprodução de músicas com o máximo de fidelidade possível, o aparelho vem adornado com o icônico logo da Chanel e possui uma bolsa de transporte com fino acabamento metalassé.

Das aeronaves, que possibilitam viajar em verdadeiras suítes com todo o conforto de um hotel cinco estrelas, à indústria de cosméticos, cujos produtos unem saúde, beleza e sofisticação, todos os setores se beneficiam da modernidade. Mas, cabe ao segmento de comunicação e artigos audiovisuais o título de unir de forma mais consistente o luxo e a tecnologia. Os lançamentos consecutivos de telefones celulares que aliam a mais avançada tecnologia com um estilo único e a integração total de ambientes como home-theaters que possibilitam a criação de verdadeiras salas de cinema em casa, com os mais avançados recursos de som e imagem, fazem dessa área um território no qual a criatividade e o bom gosto não possuem limites.

No futuro, é possível que se utilize de forma sistemática o calçado como telefone.  Mas, por enquanto, é melhor que isso aconteça somente no mundo da diversão.

Leave a Reply

Your email address will not be published.