Luxo e qualidade de vida

Imagem 01 (28)

Brunete Fraccaroli é uma das mais conhecidas arquitetas brasileira. Se a fama já era considerável em virtude de seus criativos e inovadores projetos, a participação em um reality show a transformou em uma fonte de inspiração para muitas pessoas. Dona de um estilo de vida em que a sofisticação faz parte do cotidiano, a arquiteta não abre mão de requintes exclusivos como a coleção de cadeirinhas de grife e de bonecas Barbie. Em uma entrevista concedida esse ano, Brunete Fraccaroli afirmou que “riqueza é ter qualidade de vida” confirmando a reformulação que o conceito de luxo atravessa na atualidade.

A ressignificação do que é considerado premium abre cada vez mais espaço à preocupação com o bem estar, em todas as suas manifestações. Se, há algum tempo, luxo era ter, nos dias de hoje, luxo é ser. Em outras palavras: privilegiar vivências e experiências exclusivas é mais importante que acumular bens materiais.

Por isso, a parceria entre as empresas voltadas aos segmentos de saúde e luxo vem se consolidando como uma tendência que, sistematicamente, apresenta novidades que surpreendem e fascinam. Afinal de contas, fazer uma máscara facial à base de ouro, por exemplo, é uma experiência de luxo que, além de tudo, faz muito bem a saúde. Um detalhe que torna o tratamento ainda mais atraente é que o uso da técnica à base do mais nobre dos metais resulta em uma hidratação mais profunda se comparada a outros produtos, como os que possuem álcool na sua composição.

A utilização de metais preciosos em intervenções voltadas à saúde e à beleza também engloba procedimentos envolvendo diamantes. O uso das mais famosas pedras reluzentes do planeta devolve a elasticidade da pele e reduz de forma contundente a oleosidade e o aparecimento de acne. Para completar com chave de ouro, que tal promover uma limpeza profunda com gel de caviar e esfoliação com cristais?

Terapias que buscam a qualidade de vida privilegiando as experiências de luxo estão se tornando cada vez mais comuns em todas as áreas. As clínicas especializadas em massagem, por exemplo, não cansam de propor aos seus clientes experiências poderosas provenientes dos mais longínquos recantos do mundo. Uma dessas massagens é a Pinda Sweda, que faz parte dos tratamentos tradicionais da Ayurveda. De acordo com o site Tudo de Om, a “Pinda Sweda é um tratamento altamente nutritivo e relaxante. Pequenas trouxinhas de arroz medicado com leite e ervas nutritivas como Bala e Ashwaganda, são aplicadas quentes sobre todo o corpo após uma massagem com óleo”. A boa notícia para quem ainda não conhece o tratamento é que não é raro encontrar clínicas e Spas que oferecem a massagem.

Em centros especializados, alguns tratamentos provenientes do oriente podem durar três ou mais horas. Nesse tempo, a utilização de óleos essenciais associada às técnicas de massagem corporal, contribui ativamente para a dissipação da dor, o adeus ao estresse e o revigoramento geral. Tudo isso, com todo o luxo que um ritual milenar pode oferecer ao corpo e a mente.

No segmento hospitalar, essa tendência também se confirma. De acordo com a publicação Diagnóstico – Gestão em Saúde “Não é só de Louis Vuitton e de Mercedes-Benz que sobrevive o mercado de luxo brasileiro. Uma recente movimentação empresarial no segmento médico-hospitalar com vistas a um padrão cinco estrelas de fazer saúde tem chamado a atenção de analistas do setor”. Enfim, qualidade de vida é um conceito que se harmoniza com perfeição ao luxo do bem estar.

Leave a Reply

Your email address will not be published.