A importância do processo criativo no setor de alto padrão

1

No início deste ano, o CEO da SpaceX, Elon Musk, divulgou que no ano que vem, sua empresa levará duas pessoas para uma viagem turística à lua. Embora a empresa de Musk não trabalhe com o segmento de luxo propriamente dito, a viagem turística/especial tem muitos dos elementos que contextualizam o setor premium  na atualidade.

Se o considerável valor a ser desembolsado é uma das características mais evidentes da viagem, a iniciativa propõe aos viajantes uma experiência realmente única e agregadora, o que define muito o setor de alto padrão nos dias de hoje.

A emocionante aventura especial dos clientes de Musk dá margem à especulações ilimitadas sobre o futuro do setor turístico e, por consequência, de muitos outros segmentos. Afinal de contas, não é exagero afirmar que a criatividade ampliou de maneira expressiva todos os nichos de mercado e o setor de luxo não foge a essa regra.

Dos aviões ultramodernos que realizam viagens em velocidade recorde com conforto que remete aos mais sofisticados hotéis do mundo, às tecnologias empregadas em áreas como a gastronomia que além de proporcionar grandes experiências ainda caminham na direção da sustentabilidade, as inovações tem um papel cada vez mais significativo nos mais diversos setores econômicos.

A importância que as inovações têm na sociedade é muito grande, basta lembrar que até poucas décadas atrás, o aparelho de fax era uma revolução nas formas de comunicação e, atualmente, um smartphone possui muito mais tecnologia do que qualquer pessoa nos anos passados poderia imaginar.

E por falar em smartphones, a Apple, uma das principais empresas de tecnologia do mundo, se tornou um dos principais referenciais contemporâneos do setor de luxo, uma vez que seus produtos se caracterizam pela excelência, a universalidade e a originalidade, três atributos consagrados dos bens de alto padrão.

O famoso físico alemão Albert Einstein definiu de forma inspirada e absolutamente genial que a criatividade é uma forma da inteligência divertir-se. Transportando a ideia para o mercado de alto padrão, fica fácil perceber como ela é atual e precisa. Vale acrescentar um detalhe: se há muito lazer dos criadores durante a produção de uma novidade, há mais ainda diversão do público no momento de experenciá-la.

Crédito da imagem: Reprodução.

Leave a Reply

Your email address will not be published.