Imaginação e sabor

Na última segunda-feira, dia 03 de julho, o gim Bombay Sapphire deu início à segunda edição da etapa Brasil do campeonato Most Imaginative Bartender que contou com a participação dos três finalistas da competição do ano passado, José Ronaldo, que ficou em 1º lugar, Tom Oliveira e Lucas Jaques, segundo e terceiro lugares respectivamente.

A disputa tem como objetivo eleger o profissional mais criativo da coquetelaria da América Latina e, para isso, a Bombay Sapphire organizou um seminário com a presença de dois craques da mixologia mundial para falarem sobre o tema: Ricardo Nava, embaixador de Bombay Sapphire na América Latina e Caribe e o premiado Remy Savage, chefe de bar do Little Red Door, de Paris.

“Divirta-se e seja você mesmo” foi o conselho de Remy Savage para quem estava presente no evento

“Divirta-se e seja você mesmo” foi o conselho de Remy Savage para quem estava presente no evento

“A competição é uma oportunidade para os bartenders saírem da sua zona de conforto. A inspiração pode estar em qualquer lugar”, lembrou Ricardo Nava durante palestra, que contou ainda com nomes como Fabio La Pietra, Marcelo Serrano e Márcio Silva na plateia.

Remy Savage, vencedor do “World Most Imaginative Bartender” de 2014 e bartender chefe do Little Red Door, em Paris, fez uma apresentação impecável e bastante aplaudida. No fim, deu dicas valiosas para os competidores, não apenas para o campeonato, mas para o dia-a-dia de trabalho: “encontre inspiração naquilo que desperta a sua imaginação; a bebida é a estrela, não esconda a garrafa de Bombay, deixe-a em evidência; Trabalhe muito e, por último, mas não menos importante, divirta-se e seja você mesmo”.

Para Ricardo Nava “a inspiração pode estar em qualquer lugar”

Para Ricardo Nava “a inspiração pode estar em qualquer lugar”

Ainda na programação do summit, Denis Pagani, perfumista, foi convidado a falar sobre os pontos que ligam a perfumaria à coquetelaria, entre eles, o sensorial, já que o paladar está completamente conectado ao olfato.

“Esta segunda edição do MIB é um atestado do sucesso do campeonato do ano passado. Com ela, temos a oportunidade de ampliar nossos horizontes e tratar a coquetelaria de forma diferenciada. Já sobre a competição, minha dica é não ficar preso à primeira ideia, o ideal é desconstruir ao máximo o primeiro insight e fugir do convencional”, concluiu Tony Harion, mixologista e trade ambassador da Bacardi Brasil, que mais uma vez foi anfitrião da etapa nacional da competição.

O drink “Art Noveau” é uma das receitas de Remy Savage

O drink “Art Noveau” é uma das receitas de Remy Savage

Crédito das imagens: Divulgação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.