Eventos aquecem o setor de luxo brasileiro

1

Na última quarta-feira, 24 de maio, a Martini deu início à sua plataforma Terrazza Martini com um evento exclusivo realizado em São Paulo. Os convidados celebraram o tradicional espírito da marca e conheceram seus novos produtos e lançamentos.

No próximo dia 12 de junho, data em que se comemora o Dia dos Namorados, tem início a nona temporada da Confraria do Vinho Itapema na cidade de Florianópolis. Mais uma vez, a série de encontros realizados na segunda metade do ano tem como objetivo a troca de experiências e a celebração da bebida que é muito apreciada no período mais frio do ano.

Embora os dois eventos celebrem os prazeres e encantos do universo das bebidas, existe um ponto ainda mais importante que une as duas iniciativas: o fato de ambas serem ações que destacam o potencial do mercado de alto padrão nacional e refletem o interesse e o desejo dos brasileiros em estarem presentes em eventos dessa natureza.

De norte a sul do país, as empresas dos mais diversos nichos de mercado optam pela divulgação de seus produtos e pela aproximação do contato com seus clientes através da criação de eventos que tem um papel decisivo no aquecimento da economia em todo o Brasil.

De acordo com um relatório produzido a respeito do assunto, a movimentação do setor supera o montante de 200 bilhões de reais anualmente. O resultado é tão expressivo que é responsável por um total de mais de quatro por cento do PIB brasileiro.

Voltando mais especificamente para o segmento de luxo, os eventos que movimentam o mercado tem um público fiel e interessado. Do lançamento de produtos até as festas e comemoração, participar de uma ação em que estão envolvidas algumas das marcas mais prestigiadas do cenário nacional atrai a atenção e o interesse de um público cada vez maior.

Em um mercado marcado pela competitividade, nunca é demais lembrar que os eventos são ferramentas excelentes para que as marcas dialoguem e conheçam ainda mais profundamente os anseios e desejos de seus clientes e consumidores.

Crédito da imagem: Fernando Willladino. 

Leave a Reply

Your email address will not be published.