As estratégias das marcas de luxo em busca de novos mercados

O processo de globalização e a consolidação do e-commerce como uma das plataformas de vendas que mais crescem no mundo são responsáveis por novos posicionamentos e abordagens de negócios por parte das marcas de luxo.

Um aspecto bem visível desse cenário pode ser percebido nas estratégias que buscam conquistar novos mercados e, principalmente, novos clientes. Embora a internet tenha promovido a eliminação das barreiras geográficas, tornando os produtos acessíveis de forma online, o varejo físico ainda tem grande relevância na totalização dos resultados anuais e, de acordo com pesquisas realizadas na área, a tendência é que isso se mantenha por muito tempo.

Dessa forma, regiões que até pouco tempo não eram contempladas com a abertura de lojas das principais marcas do mundo, passaram a receber grandes investimentos nessa área. Um bom exemplo é o Vale do Silício, região norte-americana famosa por abrigar algumas das mais importantes empresas de tecnologia do mundo.

Embora a localidade fosse uma referência do ponto de vista profissional e corporativo, as marcas de alto padrão não vislumbravam ali um grande retorno. Isso está mudando. De acordo com Axel Dumas, presidente-executivo da Hermès, a abertura de um endereço comercial na grife francesa no Vale do Silício se deu “depois que a nossa butique em São Francisco obteve resultados muito fortes. É também uma aposta no futuro. Hoje em dia, você pode ver como os residentes costumam investir mais em seus carros do que em suas roupas. Esperamos poder mudar um pouco isso”, acrescentou Dumas.

Além da Hermès, outras marcas icônicas como Louis Vuitton, Cartier, Christian Dior, Balenciaga e Yves Saint Laurent têm lojas na região ou em localidades próximas. Se a elegância e o interesse pela moda nunca foram obsessões de Steve Jobs, criador da Apple, ou de Mark Zuckerberg, criador do Facebook, no que depender das marcas de luxo, o mundo fashion vai caminhar lado a lado com as inovações tecnológicas daqui para frente.

Crédito da imagem: Reprodução Hermès.

Leave a Reply

Your email address will not be published.