Em busca de novos mercados

01

A atividade turística é um vetor de desenvolvimento econômico que mesmo com crises e instabilidades tende a apresentar resultados positivos. Entretanto, o setor está longe de ser imune a todos os tipos de adversidade. Prova disso é que os infames ataques terroristas que vitimaram alguns dos mais tradicionais destinos turísticos da Europa vêm provocando, de forma direta e indireta, a redução no turismo do velho continente.

Como forma de driblar o conturbado momento econômico e social, algumas empresas investem em novos destinos buscando também novos clientes. É o caso do grupo Hilton Worldwide que na última semana divulgou que investirá aproximadamente 50 milhões de dólares em um período de cinco anos para acrescentar 100 hotéis à sua rede no continente africano.

De acordo com a Organização Mundial do Turismo o aumento dos índices de viagem à região no ano passado foi superior a 10%. Com os novos hotéis que serão incorporados através do sistema de conversão de bandeiras, a estimativa é sejam somados mais de 20 mil quartos a rede hoteleira.

“O modelo de conversão de hotéis existentes em propriedades da marca Hilton tem sido bem sucedido em uma grande variedade de mercados, e esperamos ver boas oportunidades de converter hotéis para marcas Hilton através desta iniciativa”, explicou o vice-presidente sênior de Desenvolvimento da Europa, Oriente Médio e África do grupo, Patrick Fitzgibbon.

A busca novos mercados, sem sombra de dúvidas, é uma das estratégias mais importantes entre as marcas que pretendem continuar crescendo.

Crédito da imagem: Reprodução (Hilton Haikou Meilan).

Leave a Reply

Your email address will not be published.