A arte do bom atendimento

01

Conceituar o que é arte é uma tarefa complicada, pois muitas são as definições que podem ser aceitas. Para além dos processos criativos e da capacidade de emocionar, a arte também pode ser compreendida como o conjunto de procedimentos pelos quais é possível atingir uma determinada finalidade, ou seja, as técnicas necessárias para conquistar um determinado objetivo.

Por isso, a afirmação de que o bom atendimento é uma espécie de arte não deve ser entendida como um eventual exagero. É apenas a expressão da ideia de que realmente é necessário estudo, preparação, atenção e talento para entender e satisfazer os anseios dos clientes.

No mercado de luxo essa arte precisa ser ainda mais refinada para alcançar os resultados desejados. Uma das características comuns a grande maioria dos consumidores de bens e serviços de alto padrão é o alto nível de exigência. E essa exigência não se manifesta unicamente através da alta qualidade do produto adquirido ou do serviço contratado, ela permeia a experiência de compra em todas as suas etapas e, dessa forma, o atendimento de nível elevado também precisa acompanhar esse caminho.

Imaginemos, como exemplo, um hotel cinco estrelas com todas as suas comodidades. O hóspede que lá se hospedar terá acesso a uma gastronomia de excelência, quartos confortáveis e aconchegantes, amenidades como piscina e sauna e até mesmo os tratamentos de saúde exclusivos do Spa. Em linhas gerais, a experiência tem tudo para ser bastante agradável. Entretanto, imaginemos o hotel com essa excelente infraestrutura, mas dirigido por profissionais que pequem no atendimento como um gerente contrariado, um recepcionista descortês ou um chef de cousine estressado. Com uma equipe assim, certamente, muito do encanto e da magia da hospedagem será comprometido.

O exemplo do hotel pode ser adaptado às mais diversas realidades. Quer seja uma boutique especializada em moda de luxo ou uma concessionária de automóveis de alto padrão, os produtos e serviços premium precisam estar em sintonia com os profissionais que estão na linha de frente desses negócios.

Walt Disney, criador de uma das mais conhecidas organizações do mundo que todos os anos promove experiências inesquecíveis para milhões de pessoas, afirmou certa vez que é preciso desempenhar as funções de forma tão sublime que os clientes além de ter o desejo de voltar ainda trarão amigos e familiares.

Para que isso seja possível, características como a capacidade de ouvir, a agilidade no cumprimento de prazos e a transparência e honestidade das ações são fundamentais. Não por acaso, essas são exatamente as mesmas qualidades necessária para o desenvolvimento de um bom atendimento.

Crédito da imagem: Reprodução.

Leave a Reply

Your email address will not be published.